PAPO COM OFICINA

Quando o assunto são as humanidades, a arte está lá, presente, alimentando, questionando e sendo também alimentada, questionada.

Uma vez por mês o Arte Ação Brasil convida uma personalidade para compartilhar seu pensamento, experiência ou atuação no universo humano. Não se trata de uma palestra, mas uma troca de experiências em um papo aberto a um público de até 35 pessoas, que será compartilhado ao público maior pelo canal do Arte Ação Brasil no Youtube.




São 50 min seguidos de mais outros 50 reservados para uma prática artística que será criada e apresentada a partir da leitura feita por dois arte-educadores da equipe do Arte Ação Brasil sobre o assunto discutido.

A proposta da oficina nunca será previamente programada, dependerá da escuta dos arte-educadores e desenvolvida ali, logo depois da conversa com o nosso convidado.

O desafio dos arte-educadores será criar uma proposta que dialogue com o assunto discutido.

Entre o papo e a oficina só vamos ter mesmo 10 min de água, chá, café e biscoito.

Ao final, teremos uma breve reflexão sobre o processo e os trabalhos produzidos.


Nossos Convidados Especiais
HÉLIO BEJANI (Bailarino e Músico)
TEMA > Ballet/Carnaval, diálogo entre o erudito e o popular
30/04 (ter)


              Graduado em Licenciatura em Dança pela UniverCidade-RJ e Engenharia de Produção pela Universidade Metodista de Piracicaba/UNIMEP-SP.

Iniciou a carreira artística como músico profissional (trompete), em Piracicaba/SP, cidade onde nasceu. Ingressou para o ballet no Lyons Club de Piracicaba, seguindo posteriormente para a cidade de Campinas/SP, onde trabalhou no Corpo de Baile Lina Penteado, sob a Direção Artística de Addy Addor e Cleusa Fernandes. É diplomado pela Royal Academy of London, nível Advanced.

Através de concurso oficial, ingressou para o Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro onde atuou como Solista e Bailarino Principal em suas principais montagens.

Ganhou o Prêmio Tadeu Morozowicz de Melhor Bailarino Clássico no VIII Concurso de Ballet e Coreografia, realizado pelo CCBD.

Foi partner da bailarina Ana Botafogo e também coreografou para a mesma.

Dançou e coreografou para os mais renomados grupos e escolas do Rio de Janeiro, sendo premiado nos principais concursos e mostras de dança do Brasil. Foi Professor convidado da Cia de Ballet da Cidade de Niterói, Cia. Deborah Colker, Professor de nível técnico no Centro de Danças Johnny Franklin e Diretor Artístico/Coreógrafo do Grupo Rio Ballet.

Trabalhou como Assistente de Direção e Ensaiador do Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, durante a direção de Dalal Achcar. Foi Coordenador do BTM e do Corpo Artístico da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

Por 11 anos dirigiu e coreografou a comissão de frente da Acadêmicos do Salgueiro, onde ganhou dois Estandartes de Ouro, Prêmio do Jornal “ O GLOBO” (2013-2016). Em 2019, se transferiu para a Acadêmicos do Grande Rio.

Foi Diretor do BTM de 2009 a 2013. Em 2016, assumiu a direção da Escola Estadual de Dança Maria Olenewa.

DORIS ROLLEMBERG (Cenógrafa)
TEMA > Grafismos
Realizado em 26/02/2019


              Doutora em Teatro pela UNIRIO, onde também defendeu dissertação de Mestrado, é graduada em arquitetura pela UFRJ (1986). Professora do Departamento de Cenografia da Escola de Teatro da UINIRIO. Participou como artista convidada da Mostra Nacional Brasileira na Quadrienal de Praga 2011: Espaço e Design Cênico com a cenografia de Fábulas Dançadas de Leonardo da Vinci. A Mostra nacional ganhou o Triga de Ouro, prêmio máximo da Quadrienal de Praga.
A mostra foi apresentada em São Paulo na FUNARTE em dezembro de 2011, seguiu, em 2012, para Festival Internacional de Salisbury no Reino Unido e fez parte do evento do Ano do Brasil em Portugal no MUDE - Museu do Design e da Moda de Lisboa em 2012.

Participou, ainda, como expositora da WORLD STAGE DESIGN em setembro de 2013 em Cardiff com a maquete-objeto a partir da sua cenografia para Grafismos.

Foi Curadora Adjunta da Representação Brasileira na 13º Quadrienal de Praga: Espaço e Design da Performance (PQ’15) em junho de 2015, além de autora do projeto Expográfico da Seção dos Países e Regiões da Representação Brasileira.

DANIELA CHINDLER (Escritora e Curadora de Proj. Educativos)
TEMA > O museu conta histórias
Realizado em 29/11/2018


              Iniciou seu percurso em 1988 à frente do projeto voluntário Oficina de Histórias na comunidade do Vidigal, por 5 anos, com 6 educadores e chegou a atender cerca de 200 crianças. Desde então coordenou diversos projetos de difusão da literatura e foi curadora da programação infanto-juvenil da 8ª e 9ª edições da Bienal do Livro do Rio de Janeiro (1997 e 99), 1ª Bienal do Livro Amazonas (2012) e 11ª Bienal do Livro da Bahia (2013) e curadora do espaço infantil “Entre Letras” da 18ª Bienal do Livro do Rio de Janeiro (2017).Escritora de livros infantis premiados como Bibliotecas do Mundo (2012) que recebeu o prêmio Malba Tahan de Melhor livro informativo do ano para crianças e jovens pela FNLIJ.

É diretora da Sapoti Projetos Culturais, que atua na área de Educação e Cultura com ações de incentivo à leitura, produção de exposições e coordenação de projetos educativos de museus, centro culturais e sítios históricos. Há 30 anos desenvolve projetos em educação não-formal. Nos últimos 11 anos a empresa esteve a frente de mais de 100 ações educativas, atuando no Centro Cultural Banco do Brasil, OCA, unidades do SESC São Paulo, Museu do Amanhã, Centro Cultural FIESP entre outros museus e espaços culturais. Daniela Chindler foi coordenadora geral do Programa CCBB Educativo nas Rio de Janeiro São Paulo, Belo Horizonte e Brasília e consultora do projeto educativo do Museu Judaico de São Paulo.

Em 2016 foi selecionada para representar o Brasil na feira MuseumConnections, em Paris, pelo edital Conexão Cultura Brasil.

Áreas de Atuação: Literatura, Artes Visuais, Educação, Patrimônio, Meio Ambiente, História, Ciência.

MADALENA FREIRE (Educadora)
TEMA > Autonomia, Autoridade e Autoria
Realizado em 28/09/2018


               Madalena Freire é professora primária, arte-educadora e pedagoga. Dedica-se desde 1981 à formação de educadores com grupos de reflexão e estudo. Foi fundadora do Espaço Pedagógico em São Paulo e prestou assessoria a instituições públicas e particulares em todo o território nacional. Atualmente, é coordenadora do curso de formação de professores de educação infantil - Instituto Superior de Educação Pró-Saber (ISEPS), no Rio de Janeiro. É autora de vários artigos e publicações e dos livros A Paixão de Conhecer o Mundo (1983) e Educador (2008), ambos pela editora Paz e Terra.

>> Assista aqui o PAPO COM OFICINA III com a Madalena Freire


ANDREIA RABETIM (Espec. em Empoderamento da Mulher)
TEMA > A influência da interculturalidade na mulher
Realizado em 28/08/2018


               Andreia Rabetim é especialista em articulação intersetorial e há 18 anos faz parte de redes internacionais de empoderamento feminino. Administradora, Master em Marketing pelo IBMEC Business School, Diplomada em Gestão para a Sustentabilidade, Universidade de Lueneburg /GIZ - Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit. Atualmente é Gerente de Parcerias Intersetoriais da Fundação Vale. É fellow e do Global Women in Management pela Plan Internacional USA, e membro fundadora da Rede Mua, e associada a Business and Professional Women - BPW Rio. Andreia é uma das 54 finalistas do “2017 Leading Women Awards” (Prêmio Mulheres em Liderança), organizado anualmente pelo The World Business Council for Sustainable Development (WBCSD).

<< Em breve aqui os vídeos do PAPO COM OFICINA II com Andreia Rabetim >>



RICARDO PRADO (Maestro)
TEMA > Música: corpo de memórias indizíveis
Realizado em 26/06/2018


               Como educador, ministrou máster classes em notáveis departamentos de música americanos e europeus e foi diretor da Escola de Música Villa-Lobos, onde realizou uma reconhecida revolução educacional e administrativa. É conselheiro do Instituto Superior de Educação Pró-Saber e professor do Curso de Pós-Graduação em Produção Cultural da Universidade Cândido Mendes.

Como palestrante, apresentou-se nas maiores empresas brasileiras em eventos culturais e tratando de assuntos de interesse do mundo corporativo como liderança, gestão de talentos, processos de integração, criatividade e inovação, educação continuada, entre outros, a partir da experiência de um maestro.

Assista aqui o PAPO COM OFICINA I com Ricardo Prado:

> PARTE 1
>> Sobre o tema Música: corpo de memórias indizíveis
>> A "memória coletiva" do Aedo ( poeta grego )

> PARTE 2
>> SENSIBILIDADE ( rua x praça )
>> As Senhorinhas do Teatro Municipal

> PARTE 3
>> A Observação do Processo
>>> Identificação da Ocorrência
>>> Reflexão
>>> Proposta de Ação Artística
>> Comentários do Helio Rodrigues sobre alguns trabalhos

 

Valor do Ingresso
R$ 100,00 (Todo material incluído)
50% de desconto para estudantes;
Gratuidade para alunos e ex-alunos do FORMAe presencial ou online!
* Os valores de ingressos cobrados para o papo com oficina são uma ajuda de custos para: arte-educadores contratados para o evento, material de artes da oficina, divulgação do evento, pequeno coffee break, produção e impulsionamento dos vídeos no youtube e nas redes sociais.
Em caso de dúvidas, entre em contato com a gente!
Local / Horário
Arte Ação Brasil - Lagoa - R. Sacopã, 693 - Rio de Janeiro - RJ
Horário: 19h às 21h
Sempre que possível, será na última terça-feira de cada mês.





©2016 ARTE AÇÃO BRASIL. TODOS DIREITOS RESERVADOS